Compartilhamento de dados: a nova tendência de mercado

Conheça as tendências, esteja atento ao compartilhamento de dados, entenda a nova ordem mundial e aproxime-se deste novo consumidor!

O compartilhamento é uma tendência mundial que começou muito timidamente, mas ganhou espaço e notoriedade com o advento das Redes Sociais e a evolução proporcionada pela tecnologia.

A experiência do compartilhamento pode ser vivenciada em diversos aspectos desde espaço, produtos e serviços. Dividir para multiplicar parece ser a filosofia de muitas pessoas atualmente.

Muitos exemplos já estão presentes no nosso cotidiano e realmente chegaram para facilitar a nossa vida, como os Espaços de Co-workig, onde pessoas, sem relações profissionais entre si, trabalham usando os mesmos recursos. Além dos serviços de transporte como o Uber e o recém lançado WazeCarpool, ou até mesmo o aluguel de um cômodo direto com o proprietário do imóvel com preços muito mais vantajosos que um quarto de Hotel, como faz o Airbnb.

Entretanto, a economia compartilhada é muito mais do que a simples ideia de otimizar recursos. Ela gera oportunidades e é “disruptiva”, ou seja, obriga a atual ordem de consumo a romper padrões para se ajustar.

Empresas de varejo sentem cada vez mais a necessidade de entrar nesse barco, para não serem atropeladas por ele. Um exemplo de uma empresa que enxergou oportunidade no compartilhamento é a rede de roupas e acessórios American Eagle, que lançou sua nova flagship, chamada AE Studio, em Manhattan. Além de loja, o espaço conta com lavanderia coletiva, lounge de espera e estudos. O foco da marca são os estudantes, incentivando a compra e estudos, enquanto esperam pelo término da lavagem de suas roupas. Aqui no Brasil, podemos citar o exemplo da empresa paulista House of All, no bairro de Pinheiros, que une co-working, restaurante, lavanderia, bar e local para cursos, formando um polo da economia colaborativa e mostrando que dividir não é sinônimo de abrir mão de algo, mas sim de gerar ganho tanto para os envolvidos como para quem utilizará o espaço.

A economia compartilhada não para de se desenvolver e ganhar forças no mercado, portanto, o varejo não pode fechar os olhos para essa realidade, mas sim se adaptar e crescer junto a ela, achando oportunidades no compartilhamento. É preciso estar atento às tendências e se antecipar, gerando ainda mais conexão com o seu público.

Precisa de ajuda para implementar uma ideia na sua empresa? Conte com a Kameleon. Te esperamos para um bate papo!

(16) 3411 2566
Ou envie uma mensagem clicando AQUI

Compartilhe esse artigo!

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Blog

Últimos artigos

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies. Saiba mais